Header AD

i

Diretores de “Capitão América: Guerra Civil” falaram sobre a possibilidade de incluir personagens LGBT na franquia


Os irmãos diretores de “Capitão América: Guerra Civil”, Anthony e Joe Russo em uma entrevista ao Collider,  falaram sobre a possibilidade da Marvel Studios incluir personagens LGBT nos próximos filmes da franqui,  Joe Russo disse:

“Eu acho que há grandes chances disso acontecer. Eu acho que é responsabilidade nossa como contadores de histórias que estão fazendo filmes de apelo popular. Nós temos que diversificar o quanto pudermos. É triste que Hollywood esteja atrás de tantas outras indústrias nesse sentido – primeiro porque é fácil supor que uma indústria criativa seria mais liberal, segundo porque temos tanta visibilidade. Então eu acho importante que continuemos a pressionar por mais diversidade, porque aí as histórias ficarão mais interessantes, mais ricas e mais realistas”.

Os irmãos foram perguntados sobre o receio da Marvel Studios de perder bilheteria em países importantes como China e Rússia caso introduza personagens gays, Anthony falou sobre o sucesso dos filmes como um incentivo para decisões mais ousadas.

“Guerra Civil tem várias ideias que não são muito convencionais sobre o que um filme de super-herói pode ou não pode ser, mas acho que conseguimos fazer isso porque O Soldado Invernal funcionou, e a Marvel em geral tem funcionado tão bem. Isso é incentivo à ousadia em termos do que você pode tentar e em quais assuntos você pode tocar. Então eu acho que é seguro ter bastante esperança para o futuro, porque decisões cada vez mais ousadas podem ser tomadas”.

“Capitão América: Guerra Civil” começa onde “Vingadores: Era de Ultron” parou, com Steve Rogers liderando a nova equipe dos Vingadores em seus esforços contínuos para proteger a humanidade. Depois que outro incidente internacional envolvendo os Vingadores causa danos colaterais, o aumento da pressão política resulta na instalação de um sistema de responsabilidade e um conselho governamental para determinar quando solicitar os serviços da equipe. O novo status quo fragmenta a equipe enquanto eles tentam proteger o mundo de um novo e nefasto vilão.

“Capitão América: Guerra Civil” estreou nos cinemas brasileiros e já é um sucesso de bilheteria no país.

O que você espera desse filme? Comente e dê sua Nota... Ajude o www.setimaart.com e os outros internautas!
Diretores de “Capitão América: Guerra Civil” falaram sobre a possibilidade de incluir personagens LGBT na franquia Diretores de “Capitão América: Guerra Civil” falaram sobre a possibilidade de incluir personagens LGBT na franquia Reviewed by Sétima Art on 13:06:00 Rating: 5

Nenhum comentário

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do Site, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor do www.setimaart.com reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.


>

Ads Top