Header AD

i

“A Visita” | Crítica da semana em Blu-Ray


 Eu devo começar essa resenha dizendo que eu amo os filmes de M. NightShyamalan  Confesso em dizer que era viciado em suas historias, bastava a assinatura dele e já ficava ansioso com a produção. Como muitos, também  me surpreendi com o brilhante "O Sexto Sentido" e me fascinei com "Corpo Fechado" e “Sinais”. E mantenho minha opinião que “A Vila” é um filme fantástico que foi mal comercializado, sendo vendido como um filme de terror quando claramente não é.  Ok, Ok, mas antes que você feche a aba do setimaart.com e vá se aventurar em outras terras digitais confesso que também me decepcionei com "A Dama na Agua", e é aí que Shyamalan perdeu-se indo ladeira abaixo e se afundando ainda mais com "O Ultimo Mestre do Ar " e “ Demônio”. O declínio do diretor foi tão grande que em 2010 chegaram a esconder o seu nome na direção de ”Depois da Terra", por medo que o preconceito do publico pudesse atrapalhar o desempenho do longa .


M. Night Shyamalan  sempre fez caminhos novos em sua carreira, cada filme é um gênero diferente, em "O Sexto Sentido" foi  um suspense, "Corpo Fechado" ele se aventurou em um filme de super-herói, e "Sinais" foi  sua ficção com direito a aliens no Brasil. "A Vila" foi seu primeiro filme de época, seguido pela fantasia"A Dama na Água", e sempre com seu estilo de conduzir a narrativa em uma direção levando o espectador a achar que sabe qual é o mistério e sem que ele perceba, seja  conduzindo para um final surpresa, que nada tem a ver com o que a historia parecia contar.
Bom, em “A visita” M. Night Shyamalan retorna ao seu estilo único e mostra sinais de vida.
O longa é gravado em estilo ‘Documentario” e  retrata a história perturbadora de dois irmãos que vão passar férias na fazenda de seus avós Nana (Deanna Dunagan, "Just Like a Woman") Pop Pop (Peter McRobbie). Mas logo o clima de casa da avó dá lugar a tensão. E quando as coisas ficam mais e mais estranhas os jovens  percebem que as chances de voltar para a casa e à vida normal estão cada vez menores.


Mais uma vez em “A Visita” 0 diretor  M. Night Shyamalan que também escreve o roteiro, consegue entregar um trabalho bem amarrado, onde ele dosa a tensão e alívio cômico de forma  incrivelmente magistral.  Destaque para irmão mais novo de Becca(Olivia dejonge),  Tyle interpretado por ed oxenbould(Alexandre e o Dia Terrível, Horrível, Espantoso e Horroroso de 2014), um garoto de treze anos de idade, que acha que será o próximo cantor de rap - mas com o desenrolar da historia, ele rapidamente se torna a melhor na tela. Sem ele, o filme perderia metade do seu efeito, já que ele é o reponsavel pela maioria do alivio cômico do longa.


Assistindo a película você sente que M. Night Shyamalan está voltando, ainda timidamente, mas está voltando.  Não importa quando ou por que você desistiu dele, mas "A Visita" mostra que apesar de meio enferrujado ele ainda é o mesmo de o é "O Sexto Sentido". Vale a locação e é susto e tensões garantidas. Confesso que estou animado para ver o que vem a seguir.


Direção:   ★ ★
Fotografia:   ★ ★
Elenco:   ★ 
História e Criatividade:  ★ 
Enredo:  ★ 
Personagens:    
Risadas/ Tensão:  ★ 

                                                               Nota Geral: 3,5pts

O Longa possue falhas por mostrar um  M. Night Shyamalan meio recioso, mas mostra o que o diretor ainda é o mesmo e pode oferecer bons projetos, e esperamos que isto se reflita positivamente em sua carreira . Ainda não assistiu? Não perca Tempo!!!


O que você espera desse filme? Comente e dê sua Nota... Ajude o www.setimaart.com e os outros internautas!
“A Visita” | Crítica da semana em Blu-Ray “A Visita”  | Crítica da semana em Blu-Ray Reviewed by Sétima Art on 09:16:00 Rating: 5

Nenhum comentário

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do Site, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor do www.setimaart.com reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.


>

Ads Top